Psicossomática: um novo olhar sobre a relação médico-paciente

dez 09, 2019 | | 0 Comentários
Psicossomática: um novo olhar sobre a relação médico-paciente

Um convite para se abrir a um novo paradigma na medicina, compreendendo o ser humano em sua profundidade, em uma relação pessoa a pessoa


O fim do ano é, frequentemente, carregado por ritos, sinais e significados que transcendem a troca de um mês por outro. Muito mais do que o fim de um ciclo ou a entrada de outro, essa passagem envolve o ser humano em uma busca de sentido para a própria vida. O novo ano gera uma esperança – quase que mística – de que o futuro será determinante para os projetos e metas traçados. Uma motivação carregada pelas novas possibilidades de dar um propósito à vida e de elevar o seu existir.

Porém, de fato, o que ocorre?
A despedida de um ciclo para o despertar de outro. A vida segue seu rumo natural, acompanhada de suas incertezas, mudanças e transformações. Embora o ritual, para muitos, ganha este significado superior, o convite é buscar o sentido e as respostas dentro do próprio ser. Ao contrário de delegar para o ano de 2020 o poder de transformar sua vida, a renovação parte de cada um que assume o protagonismo da sua história e encarrega-se de assumir a direção.

Afinal, o ser humano não é matéria. Não é um ser espiritual. É a união do corpo biológico com a psique. Ou seja, é o todo – corpo, psique e espírito. Trata-se de um ser uno, indivisível e integral. E é esse resgate momento a momento da condução da própria vida que a piscossomática se propõe a trabalhar.
Muito além de acompanhar um paciente ou uma doença específica, a compreensão de que nada é isolado, leva a perceber que mais importante que a doença é o indivíduo. “Trata-se da transformação do pensamento para um novo paradigma, ou seja, um novo padrão. A psicossomática oferece um tratamento complementar ao tradicional, trabalhando a relação pessoa a pessoa. Compreendemos o paciente desde seu íntimo, suas vivências, experiências anteriores, carga emocional e traumas”, é o que explica o Dr. Dorval de Andrade Tessari, coordenador da Formação Clínica em Psicossomática do Re-Criar. 

Para a psicossomática, a doença é uma possibilidade de transformação onde a cura – espiritual ou biológica – emana junto da construção de um novo olhar do próprio ser humano sobre si mesmo. Um processo que acompanha cada pessoa de maneira individualizada e personalizada, com a consciência de que a mudança, seja aquela provocada por uma transformação psique ou pela particularidade de uma doença, está integrada aos momentos mais ordinários do cotidiano.

Para aprofundar o tema, estão abertas as inscrições para mais uma edição do curso Formação Clínica em Medicina Psicossomática, promovido pela clínica Re-Criar. Voltado para os profissionais da área da saúde, a qualificação profissional apresenta uma nova perspectiva sobre o adoecimento, compreendendo-o como uma expressão do ser em sua maior profundidade e intimidade.

Saiba mais sobre a Formação Clínica em Medicina Psicossomática
Em sua 10ª edição, o intensivo acontecerá de 03 a 09 de fevereiro de 2020, em Caxias do Sul/RS, e é estruturado com base nos estudos dos autores George Groddec (médico alemão), Antonio Carlos Costardi (médico brasileiro) e Adriana Schnake da Silva (chilena) e nos mais atuais conceitos de neurociência e astrofísica. A formação busca compreender a relação do ser humano com ele mesmo e com o ambiente em que vive, suas relações e projeções.

Informações e inscrições CLIQUE AQUI 

Nenhum comentário até o momento.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *